Afinal! Porque ser igual? Se você pode ser diferente?